quarta-feira, 9 de junho de 2010

DOENÇA CELÍACA

Os pacientes com doença celíaca apresentam uma intolerância ao glúten que leva à atrofia das vilosidades intestinais provocada pela agressão da gliadina à mucosa intestinal. Foi no período da Segunda Guerra Mundial, graças a observações feitas por um pediatra holandês, durante o período de racionamento de trigo e sua posterior reintrodução na alimentação, que se associou a doença celíaca com a alimentação. Atualmente, o aumento no diagnóstico de casos deve-se ao avanço tecnológico de exames realizados em laboratórios. A gliadina é a fração do glúten mais tóxica para os pacientes com doença celíaca. A digestão do glúten começa no estômago, com a pepsina secretada no suco gástrico, seguida pela ação das enzimas proteolíticas provenientes do pâncreas e da borda em escova do intestino delgado, sendo degradado a dipeptídeos e tripeptídeos. Nos pacientes com doença celíaca devido à atrofia das vilosidades intestinais a absorção de nutrientes fica comprometida. O quadro clínico na doença celíaca varia muito, dependendo da gravidade, extensão das lesões e com a idade do paciente.
Os principais sintomas são: diarréia, fraqueza, dor abdominal, náuseas e vômitos, emagrecimento.
O tratamento da doença celíaca é baseado na retirada permanente do glúten da dieta.
Existem fortes evidências de uma predisposição genética à doença celíaca. Devido ao processo inflamatório a função de barreira do intestino delgado fica comprometida, favorecendo a entrada de microrganismos patogênicos, como Salmonella, por exemplo. Conforme legislação brasileira, os fabricantes da indústria alimentícia devem especificar na embalagem se o alimento contém ou não contém glúten.


Alimentos Permitidos e Proibidos

Lista de alimentos que podem ser consumidos por portadores de doença Celíaca, ou seja, alimentos que não contém glúten:
1) Rocambole diet de doce de leite (Verdemar)
2) Nutella
3) Iorgutes: Vitambé, Molico, Itambezinho, Chamyto (Nestlé), Chambinho Ninho (Nestlé)
4) Sobremesas: Chandelle chocolate branco (Nestlé), Flan morango (Batavo/Nestlé), Gelatinas, Pudins (Otker), Pudim de Coco, Caramelo, Chocolate e Manjar com calda de ameixa (Fleishman-Royal), Frutas em calda (Oderich)
5) Barra de chocolates: Intense Orange (Lindt Excellence)
6) Bombons: Montevergine, alguns bombons Kopenhagen, Kinder ovo
7) Tempero: Sazon
8) Bebidas Alcoólicas: Champagne (Champ Moet Chandon), Vinho Campo Largo, Ice (Smirnoff), Conhaque (Cheher), Rum, Cachaças de cana, Vodka (Orloff), Saquê

Lista de alimentos que devem ser retirados da dieta de portadores de doença celíaca, por possuírem glúten em sua composição:
1) Neston três cereais
2) Iorgute: Ninho, Danoninho, Danone (Activia), Danone corpus (light)
3) Sobremesa: Danette
4) Pizza: Perdigão, Sadia, Batavo
5) Lasanha: Perdigão, Sadia
6) Nuggets Sadia
7) Nesquik, Nescau, Toddynho, Toddy
8) Rocambole (Bauducco), Pão de forma, Bisnaguinha, Sequilhos tradicionais (Seven boys), Mistura para bolo (Vilma), Torrada Bauducco, Colomba pascal (Bauducco)
9) Nescau Cereal Radical
10) Biscoito: Recheado (Aymoré), Cream Cracker, Wafer, Cookies
11) Bombom: Nestlé, Lacta, Garoto
12) Salgadinhos: Baconzitos, Doritos, Fandangos, Sensações ao forno
13) Mix de cereais com passas de uva e maça
14) Carnes empanadas
15) Tempero Maggi: para aves, peixes, legumes e saladas, Caldo Knorr
16) Bebidas alcoólicas: Cerveja, Gin, Uísque, Licor de Uísque e Vodka destilada de grãos e licor

Fontes:
- Rótulos de alimentos disponíveis em supermercados;
- ACELBRA-RJ encontrado em: www.riosemgluten.com/produtos_sem_gluten, acessado em  24/05/2010;
- LOPES, Antonio Carlos. Tratado de clínica médica. 2. ed. vol. 1. : Roca, 2009. p. 973-990

2 comentários: